+ Reservas

Reservas y Consultas Generales
(855) 878-1968
1200 Anastasia Avenue
Coral Gables, FL 33134
Cómo Llegar

Selecionar Idioma: English Spanish Portuguese
Reservas: Como chegar
Você está aqui » InícioNosso Resort → História

História do Biltmore

  • História do Biltmore
  • História do Biltmore
  • História do Biltmore
  • História do Biltmore

Imagine um cenário dos sonhos, com afrescos requintados, pintados a mão no teto, piso de mármore travertino brilhante, colunas de mármore, luminárias de vidro sofisticadas, móveis de mogno esculpido e jardins estonteantes. Agora imagine tudo isso na sombra da torre em espiral Moorish Giralda. Isso é um castelo espanhol ou um palácio veneziano?

Embora o Biltmore em Coral Gables pareça-se com a melhor a arquitetura clássica mediterrânea, não é nem um palácio italiano e nem um castelo ibérico. Em vez disso, é o centro da visão de Coral Gables, de George Merrick, de um subúrbio imponente e elegante, que foi nomeado “The City Beatiful”.

Combinando sua profunda afeição pelas paisagens exuberantes do Sul da Flórida com influências das arquiteturas italianas, árabes e espanholas, Merrick concentrizou seu sonho com a construção de sua obra-prima. O Hotel Biltmore.


Construindo um Sonho: 1924 - 1925

Em 1924, o jovem construtor Merrick e o magnata John McEntee Bowman do hotel Biltmore para construir, na época do desenvolvimento imobiliário da Flórida, “um excelente hotel... que não só serviria para hospedar aqueles que fossem a Coral Gables, mas também como um centro de esportes e moda”. Bowman contratou o renomado arquiteto, Leonard Schultze, e S.Fullerton Weaver, um empreiteiro e construtor. A equipe já havia feitos projetos para os hotéis Biltmore de Atlanta e Los Angeles, o terminal da estação central de Nova York, o Nautilus Hotel de Miami Beach (que depois tornou-se as primeiras instalações do Mt. Sinai Medical Center) e a famosa Miami Daily News Tower (conhecida como Freedom Tower).

Em 25 de novembro de 1924, 200 dos líderes cívicos e empresários e a imprensa, comemoraram essa nova parceria com um jantar de comemoração. Bowman anunciou que o projeto de 10 milhões de dólares teria um hotel com 400 quartos, um country club, um edifício de serviços, um campo de golfe para campeonatos, campos de polo, quadras de tênis e uma piscina enorme com 2137 metros quadrados. O campo de golfe com 18 buracos, projetado pelo premiado arquiteto de campos de golfe, Donald Ross, começou a funcionar em 1925. Finalmente, em 14 de janeiro de 1926, a cerimônia de inauguração do hotel Biltmore foi esplendorosa e foi considerada o evento social do ano na cidade.

Pessoas da alta sociedade do norte do país chegaram em trens onde estava escrito: “Especiais do Biltmore de Miami”. Enquanto o champanhe fluía e os convidados dançavam ao som de três orquestras, uma delas liderada pelo famoso Paul Whiteman, a Giralda Tower do Biltmore foi iluminada pela primeira vez e pode ser vista a quilômetros de distancia Uma multidão de 1500 convidados participou do jantar dançante de inauguração. Um marco na história do Sul da Flórida havia começado.

John McEntee Bowman e George Merrick
Bobby Jones e Sr. e Sra. Burdine
Babe Ruth e Al Smith
Terceira edição da anual da abertura do Biltmore

Ícone Jazz Age: 1926 - 1942

O Biltmore foi um dos resorts mais elegantes de todo o país. Em seu auge, hospedou a realeza europeia e muitos artistas de Hollywood. O duque e a duquesa de Windsor, Ginger Rogers, Judy Garland e Bing Crosby eram hóspedes frequentes do hotel. Na verdade, todos os famosos, de políticos como o presidente Franklin D. Roosevelt até notórios gangsteres como Al Capone, se hospedavam no Biltmore, onde assistiam desfiles de moda, bailes de gala, shows aquáticos nos 2.137 metros quadrados de piscina, casamentos elegantíssimos e torneios de golfe de classe mundial.

Com a Era do Jazz , as grandes bandas do Biltmore divertiam os ricos viajantes que iam a esse resort da riviera americana. Enfrentando os desafios das calmarias econômicas na América do Norte no final dos anos 20 e no início dos anos 30, o Biltmore prosperou com seus eventos de gala aquáticos que atraíam multidões e que fizeram com que o hotel continuasse sendo um centro das atenções.

Cerca de 3.000 espectadores assistiam todos os domingos os mergulhadores sincronizados, os banhos de beleza, os lutadores de jacarés e o menino prodígio de quatro anos de idade, Jackie Ott, que mergulhava na imensa piscina do hotel de um trampolim com 26 metros de altura. Antes de fazer o Tarzan em Hollywood, Johnny Weissmuller era professor de natação no Biltmore e, alguns anos mais tarde, quebrou recordes mundiais na piscina do Biltmore. Os shows aquáticos eram extremamente populares entre as famílias que, depois dos shows, vestiam-se para participar de um chá dançante no grande terraço do Biltmore.

Um modelo num dos shows de moda do Biltmore nos degraus do prédio do country club.
A equipe de mergulho “Fairbanks Sisters” no trampolim de mergulho do Biltmore.
O Biltmore foi palco de inúmeros eventos locais.
Duas mulheres aproveitam uma tarde no campo de golfe do Biltmore.

Os Anos da Guerra: 1942 - 1968

Com o início da Segunda Guerra Mundial, o departamento de guerra converteu o Biltmore em um grande hospital, para o qual deram o nome de Army Air Forces Regional Hospital.

Para adaptar o prédio para seu novo uso, o exército fechou muitas janelas com concreto e cobriu os pisos de mármore travertino com camadas de linóleo fornecido pelo governo.

Além de ser as primeiras instalações da Escola de Medicina da University of Miami, o Biltmore, continuou sendo um hospital de administração de veteranos até 1968.

Em 1943, um aviador em recuperação aprecia a vista do terraço para o campo de golfe.
Pacientes no antigo saguão do hotel aguardam transferência às alas.


Uma nova era: 1983 - Presente

Após intensa pressão dos oficiais e residentes da cidade de Coral Gables para adquirir o Biltmore, em 1973 a posse do hotel foi concedida para a cidade de Coral Gables através dos programas Historic Monument Act e Legacy of Parks. Mas a cidade continuou indecisa quanto ao futuro da estrutura e o Biltmore permaneceu desocupado por quase 10 anos. Finalmente em 1983, a cidade iniciou uma restauração total para que o Biltmore voltasse aos seus dias de glória. Cerca de quatro anos e 55 milhões de dólares depois, o Biltmore reabriu em 31 de dezembro de 1987 como um resort e hotel quatro estrelas. Mais de 600 hóspedes homenagearam o histórico Biltmore em um evento black-tie. A torre de mergulho de 25 metros foi transformada em uma cachoeira tropical e várias cabanas privativas foram construídas à beira da piscina. Os 600.000 galões da piscina de 2137 metros quadrados. foram esvaziados e a piscina foi completamente coberta de mármore polido. No evento de gala de abertura em 1926 no Miami Biltmore Country Club, o Dr. Frank Crane previu, “Muitas pessoas virão e irão embora, mas essa estrutura permanecerá essa beleza duradoura”.

O hotel permaneceu aberto durante três anos, mas fechou novamente em 1990, em meio à crise econômica do país. Em junho de 1992, um consórcio multinacional liderado pela Seaway Hotels Corporation, uma empresa de gerenciamento de hotéis da Flórida, tornou-se proprietária e operadora do Biltmore. A Seaway, dirigida por Gene Prescott e Bob Kay, é uma organização líder na indústria da hospitalidade e possui e administra hotéis de alto nível na Flórida e em Nova Iorque. Além do Hotel Biltmore, o portfólio da empresa inclui o Hotel Alexander em Miami Beach e o Sheraton Sand Key em Clearwater Beach na Flórida. A previsão de Dr. Crane tornou-se realidade em 1996, quando o Registro Nacional de Lugares Históricos atribuiu ao Biltmore o título de marco histórico nacional, um título de elite oferecido a apenas 3% de todas as estruturas históricas. Hóspedes chegam ao Biltmore por uma calçada em arco que leva a uma impressionante fachada.

A Seaway investiu em um programa de 40 milhões de dólares e 10 anos de reforma, que foi concluído recentemente, restabelecendo o Biltmore à sua excelência de classe mundial. A empresa investiu na renovação completa dos quartos e também construiu um centro de fitness e um spa. Além disso, instalaram novos luminárias e novos sistemas de telefones e computadores. A cidade de Coral Gables gastou aproximadamente 3 milhões de dólares para restaurar o histórico campo de golfe com 18 buracos. A famosa piscina do Biltmore, a maior em um hotel em todo o território continental dos Estados Unidos, também passou por uma reforma considerável, liderada pelo famoso arquiteto Emilio Fuster. Em toda a propriedade, os hóspedes encontrarão valiosos ornamentos de arquitetura, do lobby cheio de colunas com teto pintado à mão, até pátios ao ar livre com chafariz, e varandas com corrimões reluzentes e pisos de azulejo.



1200 Anastasia Avenue - Coral Gables, FL 33134. Copyright © 2013 Biltmore Hotel